Património Mundial e muitos ex-libris, Ponte incluída ! 
(Foto gentilmente cedida por Raul Costa)

 

Entre as viaturas "de culto" do Todo-o-Terreno de lazer europeu, a marca Land Rover mantêm a primazia indiscutível. Desde a sua aparição no Salão Automóvel de Amesterdão, em Abril de 1948, esta viatura criada no pós-guerra para substituir o rústico e militarizado Jeep Willys, surpreendeu todo o mundo automóvel pela sua fulgurante carreira, inclusivamente os seu próprios criadores que não esperariam tanto em tão pouco tempo !

No nosso País, a implantação massiva da marca aconteceu na década de 60, quando as Forças Armadas numa fase de reequipamento forçado pela Guerra Colonial, que entretanto começara a alastrar, passaram a utiliza-la como a viatura ligeira com tracção 4x4 , destinada principalmente ao comando e reconhecimento. 
 

 

 À saída do Porto, o espectáculo da Ponte apinhada de LR's 
(Foto gentilmente cedida por Raul Costa)

Em Portugal, logo que a moda do Todo-o-Terreno como actividade lúdica começa a dar os primeiros passos, é a máquina concebida e construída em Solihull, que entretanto se difundira também para as tarefas civis, que vai preencher as necessidades e o imaginário dos amantes do fora da estrada.

Muitos LR's de todas as forma, cores e feitios, reunidos em Esmoriz e prontos para a "partida"! 

Mas agora não é altura de fazer nem a história da Land Rover, nem a história do TT em Portugal. Isso poderá ficar para outra ocasião. 

O que se pretende documentar é a organização informal da caravana que reuniu 89 Landmaniacos originários de diversos locais, de Norte a Sul do Pais e que se concentraram no Porto e em Esmoriz, para em conjunto rumarem a Santa Maria da Feira, tanto quanto possível por fora do asfalto, num percurso classificado como de dificuldade baixa. 

Fora do asfalto, a "inevitável" e clandestina lixeira  

O "road-book" na nota Nº5, KM.T. referia: " Cuidado! Atravessa alcatrão e entra em zona de regueiras profundas. Muito lixo no início do trilho."

E não havia nada que desorientar, pois o lixo estava lá, e as regueiras fundas também!

 

Óptimo local para "atascar"

As fortes chuvadas da noite anterior e do próprio dia, contribuíram para apimentar a zona das regueiras com diversos atascanços, mas nada que o espírito Landmaniaco de entreajuda e a boa disposição de todos não resolvessem com maior ou menor facilidade.  

Uma paragem, para ver de que lado soprava o vento... 
Mas (quase) "todos os caminhos vão dar a Roma" ...

O 6º sentido das navegadoras vale mais do que um GPS e um TerraTrip juntos... e para o Furadouro é que é o caminho...

Muitos (uma boa parte dos 89), alinhados no Furadouro e prontos para arrancarem com destino a Santa Maria da Feira.... 

Em cima na Praia, aqui no Campo, em baixo na pista...

Dois Landmaniacos nos preparativos para o banho de lama

Edição A.Oliveira (Outubro 2001)



 

O conteúdo dos textos  e noticias é de inteira responsabilidade dos seus autores.
O TTVerde.com reserva-se o direito de não publicar textos que considere menos adequados ou ofensivos.

| Home | Eventos | Opinião | Noticias | Citações | Álbum | Arquivo | Contacto | Links | Associações | Zaping | Clássicos |


Alojamento Maxideia