O Concelho de Ovar localiza-se no Distrito de Aveiro, confrontando a Norte com o Concelho de Espinho, a nascente com os Concelhos de Santa Maria da Feira e Oliveira de Azeméis, a Sul com o Concelho de Estarreja e Murtosa e a poente com o Oceano Atlântico, ocupando uma posição excêntrica no litoral norte.

O seu regular desenvolvimento sócio- económico associa-se à proximidade do Mar e da Ria, à fertilidade do solo e à planura da região.

Fonte da Informação: 
Câmara Municipal de Ovar  em
http://www.ovar.net/camara/


Continuamos a citar a Câmara Municipal de Ovar:

(...) "A Ria de Aveiro estende-se, pelo interior, paralelamente ao mar, numa distância de 47 km e com uma largura máxima de 11 km, no sentido Este-Oeste, desde Ovar até Mira, constituindo um excepcional acidente geográfico da costa, único em Portugal e na Península Ibérica, nela desaguando os rios Antuã, Vouga e Cértoma, além de inúmeros ribeiros."

E agora citamos o autor daqs fotos:


(...) andamos a preparar um passeio informal de amigos praticantes de "TT"  turístico, para os lados da ria de Aveiro, que por graça e atendendo a uma das especialidades gastronómicas da região, foi apelidado de "Ida ao Escabeche".

 

E surgiu a oportunidade de recolher algumas imagens capazes de ilustrar como está a nossa Natureza, incluindo "cenas" daquilo que é actualmente um dos "pulmões" da zona a Sul do Grande Porto, e que vai de Esmoriz até à Torreira.

E uma vez mais citando a Câmara Municipal de Ovar:

(...)No concelho de Ovar tem a oportunidade de descobrir os múltiplos encantos das belas praias atlânticas, onde se confundem o azul do mar, o amarelo do sol e o verde dos pinhais. No sentido norte-sul temos as praias de Esmoriz (Praia da Barrinha), Cortegaça, Maceda (S. Pedro) e Ovar (Furadouro), com grandes extensões de areal e dunas, com ligação às zonas florestais, constituindo uma das maiores áreas do género do litoral português. (...)

Voltamos a citar a Câmara Municipal de Ovar:
"... A zona florestal do Concelho de Ovar é composta por cerca 1850 hectares, traduzindo-se numa das maiores manchas europeias de "Pinus Pinaster", espécie muito usada na fixação de solos arenosos da orla marítima, sujeitos a fenómenos erosivos. Além da sua importância a nível ecológico, trata-se de um espaço convidativo para a prática de actividades ao ar livre. (...)

Convidativo?! O sublinhado é da responsabilidade de TTVerde

E não foram recolhidas mais imagens, porque entretanto os caminhos existentes na mata daquela zona estão intransponíveis (por um lado, ainda bem, pois assim também não passam os tractores com atrelados de cheios de lixo...)
 

 

E que me desculpem os mais "exigentes", mas vou deixar o fecho desta página a cargo do Ministério do Ambiente, que ao abrigo do "Programa Ambiente" da CE em certa altura (1998), a propósito do Litoral entre Espinho e a Figueira da Foz, afirmava textualmente:

"Litoral: um espaço cuja qualificação é uma das apostas politicas fundamentais do Ministério do Ambiente, através do planeamento, da definição clara das regras de ocupação, da defesa dos valores naturais, da recuperação de sistemas naturais debilitados, da actuação em zonas de risco...
Nem Oceano nem Continente: um universo complexo de interdependências, de atracção de pessoas e actividades, valioso e frágil.
A terra vista do mar, o mar olhado a partir do interior...
Um território vasto e diversificado, onde fios múltiplos se cruzam e desenlaçam, onde os imperativos de protecção e conservação se constituem como condição necessária ao aproveitamento dos recursos e à criação de riqueza."
"... A serra da Boa Viagem e a Ria de Aveiro constituem-se, neste troço costeiro, como as ocorrências de maior significado. (...)
.... mas exigindo, paralelamente, uma responsabilização colectiva, de todos e cada um de nós, e igualmente dinâmica, na defesa e valorização da orla costeira." 

 
Ministério do Ambiente (1998)

Julho 2001

"....trata-se de um espaço convidativo para a prática de actividades ao ar livre." 

Será esta a visão da Câmara Municipal de Ovar ?

Imagens de Carlos Gilbert (Julho de 2001)
Edição de Álvaro Oliveira (Agosto de 2001)




 

O conteúdo dos textos  e noticias é de inteira responsabilidade dos seus autores.
O TTVerde.com reserva-se o direito de não publicar textos que considere menos adequados ou ofensivos.

| Home | Eventos | Opinião | Noticias | Citações | Álbum | Arquivo | Contacto | Links | Associações | Zaping | Clássicos |


Alojamento Maxideia