©TTVerdePt (01-12-2000)   

Eventos

GDCT BRISA - Loucos por Terra

PASSEIO POR TERRAS DO PAIVA - SERRA DA FREITA
23 de FEVEREIRO de 2002

Ao contrário do sucedido na edição do ano passado, S. Pedro resolveu dar uma ajuda à secção todo-o-terreno do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores da Brisa – os Loucos Por Terra, e proporcionar em 23 de Fevereiro, um dia de sol e algum calor aos 100 participantes distribuídos por 40 jipes, inscritos no passeio todo-o-terreno denominado Por Terras do Paiva, que se reuniram no largo dos Bombeiros Voluntários de Arouca que não só cederam este espaço como tinham preparado um imponente Unimog para socorro à caravana e que felizmente não saiu do quartel.



Durante o briefing, foi transmitido a todos os presentes a preocupação do Sr. Presidente da Câmara de Arouca no sentido deste passeio “não prejudicar as vias, nem o revestimento vegetal nos locais por onde passem, nem aí deixem ficar lixos”.
Esta preocupação pela preservação do meio ambiente estava aliás também já expressa no regulamento do passeio.

A primeira parte do passeio ligou Arouca à Sr.ª da Laje já em plena Serra da Freita, por longo caminho florestal que se iniciava por uma extensa subida que se ia tornando cada vez mais estreita e íngreme. Todo este percurso teve por companhia belas paisagens bem como fundos precipícios...



Chegados à Sr.ª da Laje a organização serviu um Porto de Honra para recuperar das vertigens e preparar os estômagos para a vitela do almoço. Seguindo em direcção à Frecha da Mizarela e aproveitando o reagrupamento para observação desta que é uma das maiores quedas de água da Península desafiaram-se os participantes a subir um caminho de pé posto com forte inclinação e pejado de pedras. Para espanto da organização, que contava que apenas os mais equipados respondessem ao desafio, praticamente todos os jipes subiram e desceram o dito caminho, desde o pequeno Suzuki Vitara à imponente Pick-up Chevrollet. 



Mais um pequeno percurso, com uma curta paragem nas pedras parideiras, e eis-nos chegados ao restaurante Mira Freita onde a vitela assada em forno de lenha e um belo leite creme deliciou todos os presentes, que deixaram a promessa de voltar para repetir tais iguarias.

Da parte da tarde e após a visita à Portela da Anta, conduziu-se a coluna por um duro percurso que serviu para acordar os condutores da letargia pós-almoço, e findo o qual a organização tinha seleccionado um local de extracção de terras para que alguns pusessem à prova as capacidades das suas máquinas.



Seguindo em direcção a norte chegou-se ao mote deste passeio – o Rio Paiva – ao longo do qual se percorreram vários quilómetros ora por caminhos asfaltados, ora por caminhos barrentos, ora a várias centenas de metros de altitude, ora nas suas margens mas sempre rodeados de imponente paisagem. 

Despedindo-nos do Rio Paiva rumou-se ao Portal do Inferno e daí às Minas de Regoufe onde se chegou já ao inicio da noite tornando as ruínas dos edifícios de apoio à mina de extracção de volfrâmio, locais de aspecto fantasmagórico. 



Talvez por isso, ou porque a fome já começava a apertar, alguns participantes aproveitaram o facto da organização estar ocupada com a visita às minas, e iniciaram o regresso a Arouca seguindo o Road-book da etapa complementar. Só que estas aventuras nem sempre correm bem e os apressados depararam com um troço completamente bloqueado por recentes cortes de árvores que aliado à escuridão, ao nevoeiro e ao desconhecimento do terreno provocou a desorientação total.

Depois de muitas buscas lá se encontraram todos os jipes perdidos que foram conduzidos de volta a Arouca, para o jantar que infelizmente não correspondeu à qualidade do almoço, mas que serviu para que fossem entregues as lembranças gentilmente oferecidas pela Câmara Municipal de Arouca. 

E já que visitamos minas de volfrâmio fica lançado o desafio para visitar outras minas, estas de ferro e ouro, na serra do Marão no passeio que os Loucos Por Terra irão realizar em 25 de Maio e que ligará Amarante a Penafiel.

Texto: Miguel Pedro Lobão
Fotografias: Paulo Silva



Topo 

Para ver o Álbum completo, sem palavras, carregue aqui..!


Efectuamos a divulgação gratuita de eventos de Todo-o-Terreo que se enquadrem no espírito do TTVerdePT, desde que os seus promotores nos forneçam atempadamente os elementos necessários à apreciação e elaboração da respectiva noticia. 

O TTVerdePT declina qualquer responsabilidade respeitante aos elementos divulgados, que serão sempre da responsabilidade dos organizadores.

TTVerdePT
Álvaro Oliveira


Distinções Janeiro 2001


 


 

Pesquisa

 

 

Pesquisa Naturlink

 


 

| 1ª página | Eventos | Opinião | Noticias | Citações | Álbum | Arquivo | Contacto | Associações | Zaping | Clássicos |Links | News|