©TTVerdePt (01-12-2000)   

Noticias
Situação da Rede Natura 2000 nos Países Mediterrânicos


II Congresso Internacional 10 anos da Directiva Habitats
Lisboa (Portugal) - 5 a 8 de Dezembro de 2002

Apresentação
A Rede Natura 2000 é uma rede ecológica europeia, constituída por Zonas de Protecção Especial (ZPEs), criadas para a conservação das aves e dos seus habitats, ao abrigo da Directiva Aves (79/409/CEE, de 2 Abril 1979), e por Zonas Especiais de Conservação (ZECs), criadas para a conservação dos habitats naturais, fauna e flora listados na Directiva Habitats (92/43/CEE, de 21 de Maio de 1992). A Região Mediterrânica da União Europeia inclui cinco Estados-Membros: 
Portugal, Espanha, França, Itália e Grécia. Pela sua posição biogeográfica privilegiada e pela sua história, esta região destaca-se por uma notável diversidade de habitats e espécies, apresentando relevantes desafios à implementação da Rede Natura 2000. 

O II Congresso Internacional sobre a Situação da Rede Natura 2000 nos Países Mediterrânicos vem na sequência do I Congresso subordinado ao mesmo tema, realizado em Barcelona, em 1998. 

Objectivos e Destinatários
Os objectivos deste II Congresso Internacional são:
• Analisar o actual estado de aplicação das Directivas Aves e Habitats nos países Mediterrânicos da União Europeia;
• Promover o levantamento das dificuldades encontradas na conservação dos valores naturais nos sítios já classificados;
• Apresentar casos exemplares de sucesso na conservação de sítios classificados; cooperação e intercâmbio de ideias e conhecimentos.

Recepção dos Resumos
Os participantes são convidados a submeter resumos de painéis a apresentar no congresso. Os resumos devem ser impressos numa página, não excedendo 200 palavras, um espaço e letra tamanho 12. Os resumos devem incluir o nome e morada do autor e título do trabalho. Os resumos devem ser enviados para a LPN via fax, carta ou E-mail (como anexo em formato RTF). 

Data limite para envio dos resumos: 3 de Maio de 2002

Organização 
LPN - Liga para a Protecção da Natureza

A Liga para a Protecção da Natureza (LPN) é uma Organização Não-Governamental de Ambiente, sem fins lucrativos, com o estatuto de Utilidade Pública. Fundada em 1948, é a mais antiga ONG portuguesa a actuar a nível nacional, e tem como principais objectivos a conservação do património natural, da diversidade das espécies e dos ecossistemas. 

Desde a sua fundação, a LPN tem procurado cumprir estes objectivos, através de actividades de educação ambiental, de intervenção na política ambiental e de projectos de conservação e investigação. Destaca-se o Projecto Castro Verde, que desde 1993 tem promovido a conservação das aves das estepes cerealíferas da região do Campo Branco, com importância internacional para várias espécies ameaçadas.

Colaboração
Consejo Ibérico para la Defensa de la Naturaleza

O Conselho Ibérico para a Defesa da Natureza (CIDN) constituiu-se em 1986 e congrega algumas das associações conservacionistas mais antigas e activas da Península Ibérica. É um fórum de diálogo e cooperação que pretende encontrar soluções para o Ambiente na Península Ibérica, considerando que a Natureza não tem fronteiras. 

Tem personalidade jurídica própria, podendo actuar como tal através dos seus membros, organizações com forte implantação social em Portugal (FAPAS, GEOTA, LPN e QUERCUS) e em diversas Comunidades Autónomas de Espanha (ADENEX na Extremadura, ANDALUS e SILVEMA na Andalucía, DEPANA na Catalunha, GOB nas Baleares e GURELUR em Navarra), bem como em Gibraltar (GOHNS).


Informações gerais 
Liga para a Protecção da Natureza 
Estrada do Calhariz de Benfica,187
1500-124 Lisboa
PORTUGAL

Tel.: +351 21 778 00 97 
Fax: +351 21 778 32 08
E-mail: lpn.natureza@mail.telepac.pt
Página electrónica: www.lpn.pt

Secretariado:

Carla Carvalho


Comissão organizadora:
Maria João Pereira
Rosa Matos
Rui Araújo 
Sónia Fragoso

Programa preliminar 

Quinta-feira, 5 de Dezembro
08h30 às 09h30 – Acreditação e entrega de documentação
09h30 – Abertura oficial
10h00 – A Rede Natura 2000 na Europa
11h00 – Pausa para café
11h30 – A Rede Natura 2000 na Europa (continuação)
12h30 – Debate
13h00 – Pausa para almoço 
14h30 – Transposição da Directiva Habitats e Implementação da Rede Natura em diferentes países mediterrânicos 
15h15 – Pausa para café e sessão de painéis
15h45 – Transposição da Directiva Habitats e Implementação da Rede Natura em diferentes países mediterrânicos (continuação)
16h30 – Pausa para café e sessão de painéis
17h00 – Investigação, gestão e monitorização de Sítios da Rede Natura 2000 (Mesa redonda)
18h00 – Encerramento

Sexta-feira, dia 6 de Dezembro 
09h30 – Dificuldades, processos e prioridades na implementação da Rede Natura 2000 
10h30 – Pausa para café e sessão de painéis
11h00 – Integração com outras políticas sectoriais (Mesa redonda)
12h00 – Desenvolvimento rural sustentável
13h00 – Pausa para almoço 
14h30 – Instrumentos de financiamento e valorização económica, mecanismos de gestão 
15h00 – Espaços protegidos marinhos 
16h00 – Pausa para café e última sessão de painéis 
16h30 – Divulgação. participação pública e impacto social 
17h30 – Apresentação de conclusões 
18h00 – Encerramento 
20h00 – Jantar de honra 

Sábado, dia 7 de Dezembro 
8h00 – Visita à Reserva Natural do Estuário do Tejo (incluída no preço da inscrição)

Domingo, dia 8 de Dezembro 
8h00 – Visita à ZPE de Castro Verde no Alentejo (com visita às Herdades da LPN e Centro de Educação Ambiental de Castro Verde)
(opcional, custo não incluído na inscrição) 

Ficha de inscrição (formato PDF)

 


Topo


Distinções Janeiro 2001




Pesquisa


  

Pesquisa Naturlink

 

LPN
Liga para a Protecção da Natureza

 


| 1ª página | Eventos | Opinião | Noticias | Citações | Álbum | Arquivo | Contacto | Links | News|