©TTVerdePt (01-12-2000)   

Noticias

Na Serra da Cabreira, com os
Loucos Por Terra,  do 
GDCT da Brisa


A Secção Todo-o-Terreno do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores da Brisa – “Loucos Por Terra”, realizou no passado dia 24 de Novembro o seu último passeio inscrito no Calendário Oficial da FPTT para o ano 2001, na bela Serra da Cabreira.



Este passeio contou com a presença de 60 pessoas distribuídas por 20 jipes, que se concentraram na parada térrea do Quartel dos Bombeiros Voluntários de Vieira do Minho, e daí partiram, depois de um breve briefing, em direcção às capelas de S. Francisco e Santuário da Senhora da Fé e à conquista da Serra da Cabreira.



A etapa da manhã levou os participantes a percorrer vários troços de pisos rolantes de acordo com o objectivo principal do passeio – a observação das magnificas paisagens desta região a um ritmo de passeio familiar.



Antes do almoço efectuou-se uma neutralização junto à capela da Srª da Lapa, que tem a particularidade de estar construída debaixo de um enorme penedo.

Depois do almoço os trilhos rolantes que serpenteiam a Serra da Cabreira permitiram a observância de alguns abrigos de pastor em pedra e antigas casas de guarda florestal há muito abandonadas e que fizeram sonhar alguns dos participantes na sua recuperação para utilização de casa de férias tal a paisagem envolvente.

Mas desses sonhos foram sendo acordados, pois o percurso tornava-se cada vez mais demolidor tanto para jipes como para os participantes. O troço utilizado para a visita aos três fojos (armadilhas ao lobo) distinguia-se do restante trajecto pela quantidade de pedra. Apesar de curto, não mais que 6 km, a dureza deste percurso fez com que os participantes demorassem largas dezenas de minutos a percorrê-lo e quase sempre em 1ª redutoras... 

Depois deste troço e dos famosos Calvário e Inferno do Passeio ao Minho houve quem propusesse a mudança de nome de “Loucos Por Terra” para “Malucos por Pedra”.

Para o final, e depois de entregues alguns brindes, estava reservada a surpresa de fazer a ligação entre o Campo de Tiro na Cabreira e Vieira do Minho por fora de estrada numa etapa nocturna sem Road-Book e por caminhos estreitos em que a atenção à condução e ao jipe da frente eram cruciais.

O próximo passeio terá lugar em Fevereiro de 2002, na Serra da Freita.

Texto e Fotos: Miguel Lobão - mlobao@brisa.pt


Contactos: 
GDCTB - Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores da Brisa
“Loucos Por Terra”
Apartado 118
44449-909 ERMESINDE


Topo


Distinções Janeiro 2001


Pela prática do Todo-o-Terreno,  enquanto actividade lúdica, de evasão e desafio, empenhada na preservação do  património Humano, Cultural e Histórico.

 

Pesquisa


  

Pesquisa Naturlink


| 1ª página | Opinião | Noticias | Citações | Álbum | Arquivo | Contacto | Links | News|