©TTVerdePt (2000)   

TT  versus   Ambiente

Como em tudo, deve existir equilíbrio entre uma actividade e o ambiente.

O Todo-o-Terreno, não é excepção, muito pelo contrário, na minha opinião, neste momento, as coisas são muito lineares:  ou os apreciadores e praticante de TT tomam consciência de que têm um papel importante a desenvolver pela preservação da "mãe natureza" ou, em pouco tempo, estaremos limitados a pistas sem qualquer interesse e à subida e descida de passeios, nada mais. 

Para mim, o TT é mais do que vencer um obstáculo, é acima de tudo, o contacto com a natureza.

Existem vários exemplos práticos, caminhos e trilhos que foram fechados, devido aos abusos e faltas de respeito, cometidos contra o ambiente. 

A Serra de Sintra, Óbidos e a Lousã, são apenas alguns exemplos dos muitos que podemos apontar de zonas que foram vedadas à circulação.

Quem perde com tudo isto ? Todos nós, sem sombra de dúvida.

É necessário recordar, que neste momento, estamos cada vez mais limitados a nível de locais onde passamos desfrutar um bom passeio, aliando o TT á contemplação de belas paisagens, algumas delas, únicas no nosso país.

É com alguma tristeza, que cada vez mais, me consciencializo que, os meus filhos não terão, com toda a certeza, a sorte que eu tive, em poder admirar locais no seu estado quase natural.  Isto acima de tudo, poderá acontecer por dois motivos bem distintos, ou os trilhos e caminhos, foram cortados ou, alguém  os destruiu.  "Mal por mal", que seja pelo 1º motivo.

Por tudo isto caros amigos, estou em crer, ser esta, a altura ideal, para podermos dar o nosso contributo para esta causa. Não sou um defensor dos radicalismos, pelo contrário acho que, na maioria das vezes, se tornam ridículos e sem qualquer conteúdo ou credibilidade.

Defendo sim, que as actividade, devem ser feitas com bom senso e com grande sentido de responsabilidade ou seja, aquilo que infelizmente, muitas organizações de  eventos  Todo-o-Terreno não têm em conta, ao organizarem passeios com 70, 80  e mais viaturas que, além de estragarem muitos dos sítios por onde passam,  deixam lixo espalhado pelos trilhos e caminhos.

Lamentavelmente, é algo que vai continuar a acontecer, enquanto o TT continuar a dar muito dinheiro a muita gente. Estas organizações, deviam ser provavelmente uma exemplo a seguir mas, sabemos bem que não o são, muito pelo contrário.

Esta é a minha visão do que é neste momento a relação TT vs. Ambiente, deixo no entanto, uma promessa - farei tudo o que estiver ao meu alcance para que, no futuro , a situação volte a ser o que foi no passado e que, as restrições já colocadas, sejam retiradas

Um grande abraço

Bruno Alexandre Francisco


Ao  Jovem Companheiro Bruno Francisco o nosso muito obrigado pelo seu lúcido e eloquente testemunho !

A.O.
01 de Abril de 2001

Comentários para   contacto@ttverde.com 

 

 

0

 

 

 

 



O canal do Tempo, de Luís Sanches  [xiritung@clix.pt]
InforTempo

Pesquisar o TTVerdePT


 

 
 

Pesquisa Naturlink



 

Contacto webmaster@ttverde.com