©TTVerdePt (2000)   

A propósito da opinião do Bruno Francisco

Qualquer atitude de preservação da Natureza é de louvar, mas no fundo qualquer ser humano deveria sentir dentro de si um sentimento positivo quando se encontrasse em contacto com a Natureza, pois esta é o seu "habitat". Deveria sentir no seu interior que sem a Natureza ele não pode sequer existir. Que qualquer tipo de poluição generalizada lhe está a limitar a hipótese de sobrevivência. Deveria sentir algo de intimista, ao avistar quer o mar a bater nas rochas, o Sol a iluminar verdes prados bordejados por imponentes florestas, a majestosidade das serras erguendo-se contra o céu.

Ora, todos sabemos que infelizmente o que escrevo para a grande maioria são "balelas". É por isso - para não me alongar demasiado - que não acredito que os praticantes portugueses de TT como um todo venham a alterar a sua atitude e passem a adquirir valores que nunca tiveram. Já vi tanta "javardice" em eventos TT que lamento mas não acredito que haja sequer a mínima chance de educarmos quem não respeita os valores da Natureza. Como dizia o outro - e sem falsa modéstia - é uma questão de berço.

Lamento se sou pessimista, mas de cada saída para os trilhos fabulosos que há por aí, a revolta pelo lixo que se vê espalhado nos sítios mais incríveis vai aumentando, e pela minha parte resignei. O Portugal que temos vindo a construir não conhece sentimentos como "respeitai a Natureza" ou "Não despeje o seu lixo no baldio mais próximo". O que não retira valor a quem tenta fazer passar a mensagem, antes pelo contrário.

Mas a incultura é mais poderosa que a educação em Portugal,  creio que ninguém me irá poder convencer do contrário.

Saudações a todos,

Carlos Gilbert

Mensagem* para  TTVerdePt, em 3 de Abril de 2001


A propósito escrevemos :

(...) ... deixe-me discordar de si, resumidamente em dois aspectos que considero de importância crucial:

1º - Apesar de mais velho, ainda acredito que será possível melhorar os comportamentos, e isto porque  tenho uma elevada dose de confiança na juventude, nomeadamente na sua generosidade e empenho.

2º - A causa principal para os "desmandos" que todos vemos, na minha opinião,  não será uma questão de "berço", mas sim e como muito bem diz,  uma questão de educação e cultura (ou melhor, a falta delas..).  E aí tenho de assumir que os "lideres",  da minha geração e anteriores, terão uma larga quota de responsabilidade.

Mas mau grado o pessimismo que o Carlos Gilbert revela, acho a sua posição importante, compreensível e merecedora de debate. (...)

Álvaro Oliveira
04  de Abril de 2001

" Só há uma SAÍDA ... preservar o AMBIENTE !"
* Transcrição autorizada em 4.04.2001

 

Comentários para   contacto@ttverde.com 

 

 

0

 

 

 

 



O canal do Tempo, de Luís Sanches  [xiritung@clix.pt]
InforTempo

Pesquisar o TTVerdePT


 

 
 

Pesquisa Naturlink



 

Contacto webmaster@ttverde.com