©TTVerdePt (2000)   

A opinião*  de Luís Cortes

Esta "coisa" do ambiente também me preocupa a mim. E querem saber quando me começou a preocupar? 

Quando eu passeava pelas matas nacionais aqui na minha zona (Marinha Grande - que alguns conhecem), eu via frequentemente autenticas lixeiras a céu aberto... as pessoas (não faço ideia quem) limitavam-se a fazer muitos km para despejar o seu lixo nas matas, quando o deviam fazer nas lixeiras, que até eram mais perto... mas a isto, eu limitava-me a dizer "há tipos mesmo porcos... nem sabem que também se estão a prejudicar a si próprios..." 

Mas quando eu me comecei a preocupar verdadeiramente, foi quando eu tomei consciência que quando eu punha as rodinhas do meu UMM nos trilhos, com a desculpa que estava a evitar fogos florestais (que é verdade) e que estava a manter abertos certos trilhos essenciais (que também era verdade), mas ao mesmo tempo, enquanto "olhava para trás" verificava que o trilho estava alterado... e ao fim de algumas passagens, este cada vez mais se alterava... já para não falar nas emissões de gases e nos restos de óleos que iam pingando dos diferenciais e do motor... 

Aqui sim, começou a minha preocupação. Não tenhamos ilusões: a nossa presença no mundo altera-o. Agora, a solução não passa por ficarmos em casa para não destruir o meio ambiente. Temos que encontrar soluções para o preservar. Mas quais? Bom, se eu tivesse a solução já a teria divulgado, mas infelizmente... Apenas vou fazendo o que posso. 

Não ando pelas matas a apanhar lixo, mas já foram várias a vezes que me dignei a parar o meu UMM para apanhar uns pára-choques em plástico e algumas garrafas para levar para o lixo. Já foram várias as vezes que eu era para seguir um determinado trilho e não o fiz por estar mais deteriorado que o costume e voltei para trás... Já foram várias as vezes que me apeteceu ir ver o mar em cima das dunas e não o fiz, não só por causa da multa (até porque dificilmente seria apanhado), mas principalmente porque quero proteger aquela zona litoral e também para continuarmos a poder circular na restante. 

Ainda podemos circular nas dunas do "Pinhal do Rei", mas apenas enquanto a nossa destruição não for superior à capacidade de regeneração da Natureza.Bom, eu acho que a discussão já está mais do que lançada... Porque não debatermos umas ideias para preservar o meio ambiente sem nos privarmos daquilo que gostamos?????

Estou certo que todos nós temos ideias boas que todas juntas nos poderiam ajudar a manter um ambiente saudável, mas para isso também é preciso sabermos ouvir "tu também estragas" e posso-vos garantir que quando somos nós a dizer isso a nós próprios custa muito.

Ideias?

Luís Cortes

(forum-tt@egroups.com, 3 Dez 2000)
* (com autorização expressa do autor)

Comentários para   contacto@ttverde.com 

 

 

0

 

 

 

 



O canal do Tempo, de Luís Sanches  [xiritung@clix.pt]
InforTempo

Pesquisar o TTVerdePT


 

 
 

Pesquisa Naturlink



 

Contacto webmaster@ttverde.com